Fórum de Curadores começa a pensar o FILO 2020

Durante três dias, participantes do Curando apresentarão propostas e provocações para despertar um novo olhar sobre a curadoria do Festival

O Festival Internacional de Londrina – FILO 50+1  começa a pensar e debater a programação do Festival que se pretende realizar em 2020. Para isso, a organização preparou o CURANDO – Fórum de Curadores, que irá reunir  em Londrina, entre os dias 16 e 18 de agosto, profissionais de curadoria e produtores teatrais que irão apresentar ideias, conceitos e propostas para a linha curatorial da próxima edição do FILO.  

Durante três dias, os participantes do CURANDO farão provocações para despertar um novo olhar sobre a curadoria do Festival, analisarão os caminhos a serem percorridos pelo FILO e pela produção das artes cênicas, com o objetivo de oxigenar e renovar a programação do evento. 

O Fórum, que é coordenado pela Profa. Laura Franchi, do Departamento de Artes Cênicas da Universidade Estadual de Londrina (UEL), irá reunir profissionais para apresentar propostas de  acordo com suas vertentes de atuação/pesquisa dentro das Artes Cênicas.   

Integram o CURANDO o  jornalista, crítico teatral e pesquisador Valmir Santos; o dramaturgo e diretor Marcos Damaceno;  o professor Mauro Rodrigues, do Departamento de Artes Cênicas da UEL; o ator, diretor e professor Ney Piacentini, da Companhia do Latão; a pesquisadora e performer Stela Fischer e o ator Rogério Costa.

Programação do CURANDO – Fórum de Curadores

Nas sexta-feira, 16 de agosto, os integrantes do Fórum e representantes da Comissão Organizadora do FILO participam de uma reunião para alinhamento de ações e conceitos. 

No período da tarde, das 14h30 às 17h30, acontecem duas mesas do Fórum, no Centro Cultural SESI/AML. A primeira será apresentada pelo jornalista Valmir Santos, que apresentará o tema “A Dimensão Cidadã da Prática da Crítica”. Em seguida o diretor e dramaturgo Marcos Damaceno apresenta a “Dramaturgia da Urgência”. 

Na noite de sexta-feira, às 19h30, no Canto do MARL, o ator Ney Piacentini  apresenta, dentro da programação do Fórum de Curadores, a aula-espetáculo “O Ator Dialético – 20 anos de Aprendizado na Cia. do Latão”. Atividade aberta ao público.

Na manhã de sábado (17), os participantes do Fórum fazem nova reunião com representantes da Comissão Organizadora do FILO. À tarde, das 14h30 às 16 horas, no Centro Cultural SESI/AML, acontecem as mesas “Artes da Cena e Ativismo Poético”, apresentada por Stela Fischer, e “Teatro Universitário: De dentro pra Fora e de Fora pra Dentro”, com Mauro Rodrigues. 

A programação de domingo (18) do Fórum será aberta com a mesa/performance do ator  Rogério Costa, que apresentará das 10h30 às 11h30, na Praça 7 de setembro,  o trabalho “A Flor do Asfalto – A rua enquanto potência estética, poética e política do Teatro”. No período da tarde, das 14h30 às 16 horas, na Casa de Cultura da UEL, o Fórum reúne os curadores participantes com integrantes da comunidade artística de Londrina.  

Na pauta desse encontro de fechamento do Fórum estarão temas que abordarão o teatro feito em Londrina, as influências artísticas e a inter-relação da produção local com o FILO e a cidade. No encerramento do encontro, os curadores farão uma breve análise das produções locais que assistiram durante do FILO 2019 e também apresentarão apontamentos para o FILO 2020. 

O FILO 2019 é uma realização da Universidade Estadual de Londrina, Palipalan Arte e Cultura, Secretaria Especial da Cultura e Ministério da Cidadania, com patrocínio da Lei de Incentivo à Cultura, Copel, Governo do Estado do Paraná e Bratac, apoio do Sicredi, Midiograf, Viação Garcia, Unimed, Sesi Cultura, Crillon Palace Hotel, La Comédie, Núcleo dos Festivais Internacionais das Artes Cênicas do Brasil, Editora Cobogó, Ciranda, Bella Vista, Rádio UEL FM e apoio institucional da Prefeitura de Londrina / Secretaria Municipal de Cultura e Associação Médica de Londrina.

 

Serviço:

Festival Internacional de Londrina – FILO 2019

De 15 de agosto a 1 de setembro

Patrocínio:  Lei de Incentivo à Cultura, Copel, Governo do Estado do Paraná e Bratac. 

Apoio: Sicredi, Midiograf, Viação Garcia, Unimed, Sesi Cultura, Crillon Palace Hotel, La Comédie, Núcleo dos Festivais Internacionais das Artes Cênicas do Brasil, Editora Cobogó, Ciranda, Bella Vista, Rádio UEL FM. Apoio institucional: Prefeitura de Londrina/Secretaria Municipal de Cultura e Associação Médica de Londrina.

Realização: Universidade Estadual de Londrina, Palipalan Arte e Cultura, Secretaria Especial da Cultura e Ministério da Cidadania

 

Mais informações: www.filo.art.br

Assessoria de Comunicação FILO