Inka Clown Show encanta público no Zerão

Em sua primeira participação no FILO, o palhaço peruano agrada o público que vem prestigiado as suas apresentações cheias de humor e práticas circenses

Atawallpa Coello, o Inka Clown

Com um público grande espalhado pelo gramado e nas arquibancadas do anfiteatro, o Zerão recebeu no sábado à tarde o espetáculo “Inka Clown Show”, da companhia Circo Rebote, de Brasília (DF). O peruano Atawallpa Coello fez três apresentações dentro da programação do FILO 2017. A última acontece hoje, na Praça Nishinomiya, no Aeroporto.

Adultos, adolescentes e crianças de todas as idades se acomodaram em volta do palco para assistir ao show do palhaço dos Andes no Zerão. Antes mesmo de começar a apresentação, a curiosidade  foi crescendo e as pessoas começaram a se aproximar do palco. A plateia é convidada a participar do espetáculo o tempo todo e, assim, o “Inka Clown Show” levou adultos de volta à infância e encantou as crianças, que também participaram dos números no picadeiro.

A professora Sandra Ramalho

A professora de literatura infanto-juvenil Isandra Ramalho chegou a Londrina com um ônibus  fretado, trazendo alunos Colégio Barão do Rio Branco, de Assaí, para assistir aos espetáculos “Inka Clown Show” e “Chapeuzinho Vermelho”. Para ela, o teatro tem muita importância no desenvolvimento dos alunos. “É porque [o teatro] trabalha a autenticidade, a questão da liberdade e o aluno que é mais tímido se solta. Na disciplina de literatura a gente trabalha muito teatro”, conta. Ramalho também comentou que  todos os anos freta um ônibus para trazer alunos ao Festival de Londrina. “Eles adoram, já sabem que sou eu quem traz o pessoal para o FILO, então ficam perguntando o ano todo quando vai ser”, diz.

Angela Vissoti e Oliver (Fotos: Fábio Alcover)

Angela Vissoti assistiu ao espetáculo com o filho Oliver, de quatro anos. Foi a primeira vez que o garoto participou de um espetáculo do FILO. “Ele gostou muito, ficou interessado. Foi excelente a iniciativa de fazer aberto ao público”, comenta. Ela também contou que pretende voltar ao Zerão amanhã para outro espetáculo. Para Oliver, o palhaço peruano foi um ótimo performer. “Eu gostei, achei ele bem doidinho”, comenta rindo.

Atawallpa Coello se surpreendeu com os espectadores do FILO. “O público é incrível! Ontem (na sexta, 25) encheram a Concha Acústica, hoje também lotaram o gramado, acolheram meu espetáculo. Gritaram, riram, choraram… O público de Londrina é espetacular”, disse, emocionado.

 

Assessoria de Comunicação FILO (Colaborou Christiano Prado/UEL)

Fotos: Fábio Alcover

 

 

Festival Internacional de Londrina – FILO 2017

De 11 a 27 de agosto

Realização: Associação dos Amigos da Educação e Cultura Norte do Paraná e Universidade Estadual de Londrina

Patrocínio: Petrobras, Governo Federal, Prefeitura de Londrina / Secretaria Municipal da Cultura / Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), Caixa Econômica Federal, Unimed.

2017-08-28T14:44:57+00:00 27 de agosto de 2017|