À DERIVA GRUPO DE TEATRO (LONDRINA – PR)

À deriva, num mar de estranhamento

Um povoado perdido em suas própria tramas, um misterioso mar que vaza seu mau humor constante

O universo fantástico e a dasatada imaginação do colombiano Gabriel Garcia Márquez penetram toda a atmosfera, respiram por todos os poros nesta montagem que marca a estreia do grupo À Deriva de Teatro. “O Mar do Tempo Perdido” navega pelo universo de Gabo  a partir de uma de suas obras mais emblemática, a novela “A Incrível e Triste Historia de Cândida Erêndira e Sua Avó Desalmada”. 

No espetáculo, um mar misterioso vaza a sua maré de mau humor constante, um perfume inebriante de rosas exala maus presságios e neste povoado sombrio, longe de tudo e perdido no tempo,  surge uma poltrona sinistra. E é ela que conecta os fios de todas as narrativas do povoado esquecido e entregue às suas próprias tramas.

Os espaços evocados por Márquez, sua relação com os elementos da natureza – como as profundezas do mar, o deserto e o mangue – são a principal referência para o processo criativo, organizado através de imagens e que lançam mão de diversas linguagens. Trabalho multidisciplinar, contou com apoio e participação de artistas que contribuíram com recursos como a máscara neutra, vivência teatral, ação vocal e física. 

Desde a sua  estreia no final de 2017, o grupo À Deriva já participou de vários festivais de teatro e literários na região, além de curta temporada na Divisão de Artes Cênicas da Casa de Cultura da UEL.

O coletivo surgiu do trabalho na disciplina Montagem Teatral do 4°  ano do curso de Artes Cênicas da Universidade Estadual de Londrina. O elenco passou por substituições desde a estreia do espetáculo.

“O Mar do Tempo Perdido” tem direção da professora Ceres Vittori, que como atriz protagonizou a primeira adaptação  brasileira de “A Triste História de Cândida Erendira”, com atuação antológica e premiada. E com direção impecável do então jovem diretor Ulisses Cruz.

 

FICHA TÉCNICA 

Elenco: Bruno Prado, Guilherme Gomes , Maria Clara Villela, Mariana Chinchilla, Nathan Stuchi 
Direção: Ceres Vittori 
Iluminação: Carol Vaccari 
Maquiagem: Júlia Mansur 
Figurino: Rhafael Magalhães


Classificação indicativa:
14 anos
Duração: 45 min

20/08/2019 - 20h

Divisão de Artes Cênicas – Casa de Cultura UEL – Av. Celso Garcia Cid, 205

Ingressos: Compre Aqui