COLETIVO AntiQu4’Rio (LONDRINA – PR)

Um banquinho, um violão, um Calçadão

Movimento que renovou a música, a Bossa Nova é saudada em espetáculo que traz as ondas de Copacabana para o Calçadão de Londrina

Estamos no final dos Anos 50. É época de grandes mudanças no Brasil. No momento, um furacão vem arrastando compositores e intérpretes ávidos para experimentar um novo jeito de fazer música. Nasce, assim, a Bossa Nova. Uma sonoridade inédita e envolvente, com a cor do Brasil, que começa a despertar olhares curiosos e ouvidos atentos. 

Nesse cenário, quatro personagens se fundem a duas cidades brasileiras. De um lado, um Rio de Janeiro badalado, centro de uma revolução musical – Berço de Maria Tereza e Antônio, jovem casal apaixonado que se vê diante de um obstáculo imprevisto. De outro, Londrina, uma jovem cidade no Norte do Paraná, crescendo e se desenvolvendo a todo vapor. Terra dos irmãos Glorinha e Beto.

O cenário plasma o petit-pavê do Calçadão de Londrina (e seu traçado indígena baseado na cestaria caingang) com as ondas da pedraria portuguesa de Copacabana, desenho do paisagista Burle Marx (aliás, o mesmo que planejou a jardinagem do Lago Igapó, cartão postal londrinense). A fusão de culturas está também no repertório, que conduz toda a narrativa e que promove o encontro de inéditas de compositores londrinenses com os grandes clássicos da Bossa Nova – de Garota de Ipanema a O Barquinho, avançando até Baden Powel e Jorge Benjor.

No ano em que o Brasil perde João Gilberto, o gênio que ao lado de seus irmãos-gênios Jobim e Vinicius inaugurou o movimento com o disco de 1958, “Chega de Saudade” traz para a edição 50 + 1 do FILO uma rara reunião de grandes músicos da cena sonora de Londrina, que acompanham ao vivo as peripécias dos personagens Maria Tereza, Antonio, Glorinha e Beto, os personagens que contam e cantam a suas histórias. Com essa sua nova produção, o Coletivo “AntiQu4’Rio” celebra os compositores e compositoras, arranjadores, intérpretes e todos aqueles que se dedicaram a fazer da BN um marco na história da música mindial.

ESPETÁCULO CÊNICO-MUSICAL

Ficha técnica

Realização: Coletivo AntiQu4’Rio
Dramaturgia: Camila Taari com adaptação de Thais Regina.
Direção Musical e Arranjos Vocais: Bruno Bazé
Direção Cênica: Thais Regina
Identidade Visual: Nayara Souza
Figurino: Alex Lima
Costureiras: Maria Higa (Figurino) e Cida Fernandes (Cenário)
Cenário: Caco Piacenti
Pintura do Tapete (artesanal): Bruno Bazé
Idealização e Direção de Produção: Camila Taari
Assistente de Produção: Eduardo Peralta
Fotografia: Valéria Felix
Audiovisual: Rádio AlmA
Elenco: Bruno Bazé, Caco Piacenti, Camila Taari e Thais Regina
Músicos Convidados: Bruno Cotrim (bateria), Fabrício Martins (teclado), Filipe Barthem (contrabaixo), Júlio Erthal (Flauta e Sax), Noel Carvalho (Flauta e Sax) e Thiago Marconato (teclado).

 

DURAÇÃO: 65 minutos

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: Livre

 

Data: 26/08/2019 - 20h30

Cia:

Local: Cine Teatro Ouro Verde R. Maranhão, 85 - Centro, Londrina - PR

Ingressos: http://www.diskingressos.com.br/event/619