Sopro de vida no teatro de animação

Workshop de manipulação com a companhia Tato Criação Cênica, de Curitiba de objetos integrou a programação formativa do FILO.

A companhia Tato Criação Cênica, de Curitiba, participou novamente da programação do FILO. Desta vez, dentro das atividades formativas, com o workshop “Processo criativo da Cia Tato, criação e manipulação de personagens”.

O grupo trabalha com pesquisa de mímica, dança e teatro de animação. A companhia veio a Londrina pela programação do Circuito Cultural SESI, onde apresentou na noite de quarta-feira o espetáculo “Tropeço”. A obra, que está em cena há dez anos, já passou por todas as regiões brasileiras e por outros dez países. Esteve em cartaz no FILO por duas vezes, sempre com sucesso de público.

Durante duas horas de workshop, a companhia trabalhou com 20 atores e estudantes de Artes Cênicas da Universidade Estadual de Londrina. Dividido em três partes (duas de preparação e uma para montagem e apresentação), o workshop foi conduzido por Katiane Negrão e Dico Ferreira, fundadores da companhia.

Numa mistura de artes cênicas e plásticas, os participantes da oficina criaram objetos animados a partir de suas próprias roupas e utilizaram peças que a companhia disponibilizou para a produção dos personagens.

Matheus Gasparini

Depois, montaram cenas e as apresentaram ao final do workshop.

“No curso da UEL, a gente tem a disciplina de teatro de animação, construção de bonecos, marionetes, máscara expressiva e neutra. Participar do workshop foi uma experiência nostálgica. Foi um reencontro mesmo. Assisti ao espetáculo no ano passado e participei do bate-papo. Fiquei instigado a conhecer e fui à apresentação, que foi linda. Coisas muito simples fazem toda diferença” (Matheus Gasparini, formado em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Londrina)

 

Hanneli de Lima dos Reis

“Animação vem da palavra anima, que quer dizer dar espírito a alguma coisa Eu vejo muito isso no teatro de animação. Você, ator, tira seu ego e dá um sopro de vida em algo. É essa a magia” (Hanneli de Lima dos Reis, estudante de Artes Cênicas que participa de um projeto de animação de objetos na UEL)

 

Serviço:

Festival Internacional de Londrina – FILO 2017

De 11 a 27 de agosto

Realização: Associação dos Amigos da Educação e Cultura Norte do Paraná e Universidade Estadual de Londrina

Patrocínio: Petrobras, Governo Federal, Prefeitura de Londrina / Secretaria Municipal da Cultura / Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), Caixa Econômica Federal, Unimed.

 

Assessoria de Comunicação FILO (Colaborou Christiano Prado/UEL)

 

 

2017-08-24T18:34:54+00:00 23 de agosto de 2017|