Entre o gozo e a dor
“Stabat Mater”, de Janaína Leite (SP), tem como bases estéticas o terror e a pornografia

A partir do texto teórico Stabat Mater (em latim, “estava a mãe”) da filósofa e psicanalista Julia Kristeva, a artista e pesquisadora Janaína Leite propõe um espetáculo em formato de uma plateia-performance sobre o feminino, remontando a história da Virgem Maria, ao mesmo tempo em que traz à cena a figura da sua mãe biológica. Acompanhada por sua própria mãe e pela figura de Príapo, personagem para o qual se buscou um ator pornô, ela articula de forma radical temas historicamente inconciliáveis, como maternidade e sexualidade. A atriz é referência na pesquisa sobre o uso de documentário e autobiografia no teatro brasileiro. Em 2020, pelo referido espetáculo, conquistou o Prêmio Shell de Teatro na categoria dramaturgia, depois de ter sido eleito, em 2019, o melhor espetáculo do ano pelas equipes críticas dos jornais Folha de São Paulo e O Estado de São Paulo

 

FICHA TÉCNICA

Concepção, direção, dramaturgia: Janaina Leite
Performance: Janaina Leite, Amália Fontes Leite e Lucas Asseituno
Dramaturgismo e assistência de direção: Lara Duarte e Ramilla Souza
Direção de arte, cenário e figurino: Melina Schleder
Iluminação: Paula Hemsi
Videoinstalação e edição: Laíza Dantas
Sonoplastia e operação de som e vídeo: Lana Scott
Operação de luz: Maira do Nascimento
Assistência geral: Luiza Moreira Salles
Preparação vocal: Flávia Maria Campos
Provocação cênica: Kênia Dias e Maria Amélia Farah
Concepção audiovisual e roteiro: Janaina Leite e Lillah Hallah
Direção de fotografia: Wilssa Esser
Participação em vídeo: Loupan, Alex Ferraz, Hisak, Jota, Kaka Boy, Mike e Samuray Farias
Identidade visual e projeções: Juliana Piesco
Assessoria de imprensa: Frederico Paula
Fotos: André Cherri
Gestão de projeto e difusão: Metro Gestão Cultural
Classificação indicativa: 18 anos. (contém nudez, sexo explicito, palavrões e violência).
Duração: 100 minutos

Atenção: Este espetáculo contém cenas e temas sensíveis, que podem provocar impacto: nudez, incesto, estupro/violência sexual, entre outros.

 

23/06/2022 - 21h00

Janaína Leite

Divisão de Artes Cênicas – Casa de Cultura UEL – Av. Celso Garcia Cid, 205

Ingressos: Compre Aqui