Paisagem ao redor

Bailarino e coreógrafo francês Fabrice Lambert busca abrir nossos olhos para o mundo que nos cerca

Muitas vezes nos movemos pela paisagem ao redor e não enxergamos o que ela é e nos mostra. A paisagem com tudo nela contido, inclusive nós mesmos.  Em “Nervure”, espetáculo solo de dança contemporânea que será apresentado hoje (3/9) e amanhã no FILO 2016, o bailarino e coreógrafo Fabrice Lambert busca abrir os canais da percepção para esta paisagem que nos cerca. As duas apresentações acontecem às 20 horas, no Cine Teatro Padre José Zanelli, em Ibiporã.

Lambert conta que busca com sua dança investigar como os corpos se movem entre a paisagem que os cercam. E assim tentar traduzir coreograficamente a percepção desta paisagem pelo homem.

Para isso, ele foi buscar na imaginação de pessoas cegas uma paisagem invisível e sensorial.  O trabalho é resultado de entrevistas que Lambert realizou com cinco deficientes visuais, que nasceram cegos ou ficaram cegos mais tarde. Os relatos com a impressão dessas pessoas foram gravados e compõem o espetáculo através de reprodução do áudio.

Lambert busca, de maneira sensível e poética, proporcionar ao público a abertura de novas formas de perceber a paisagem que o cerca. Pois ele descobriu que, mesmo sem enxergar, os cegos têm uma percepção mais aguçada do que muitos de nós.

O coreógrafo francês sempre busca unir sua dança com outras artes, convidando artistas visuais, iluminadores, músicos. Nesta coreografia, Lambert está no palco com a obra Le Mobile nº 8, criado pelo artista visual Xavier Veilhan e o desenho de luz projetado por Philippe Gladieux. O bailarino interage com o móbile, uma metáfora para o homem moderno que se confronta com a realidade que ele questiona a cada instante.

Serviço:

Festival Internacional de Londrina – FILO 2016

De 26 de agosto a 11 de setembro

Realização: Associação dos Amigos da Educação e Cultura Norte do Paraná e Universidade Estadual de Londrina

Patrocínio: Petrobras, Governo Federal, Prefeitura de Londrina / Secretaria Municipal da Cultura / Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), Universidade Estadual de Londrina, Unimed Londrina, Horizon – John Deere.

Ingressos: Ponto de vendas no Royal Plaza Shopping (Rua Mato Grosso, 310) e pela internet: www.diskingressos.com.br. Valor: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia-entrada).

Informações: www.filo.art.br

 

2016-09-03T18:47:34+00:00 3 de setembro de 2016|0 Comentários

Deixar Um Comentário

cinco × quatro =